Gás é algo muito perigoso, o mau uso pode acarretar em muitos desastres. Portanto a manutenção preventiva de sistemas de gás é algo essencial para a segurança de todos.

Teste de Estanqueidade

Qualquer estabelecimento que possua sistemas de gás, como as indústrias, condomínios, comércio e residências, incluindo as empresas que necessitam do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, deve passar pelos testes de Estanqueidade periodicamente para inspecionar a pressão de cada instalação e prevenir qualquer risco de acidentes.

O que é o Teste de Estanqueidade

O teste de Estanqueidade é um método para verificar se existe ou não algum tipo de vazamento de gás em tubulações empresariais ou residenciais.

O mais simples, pratico e eficiente existente no mercado. Com pressurização na tubulação de gás e ar comprimido será observado por um período de tempo a perda de pressão, se for existente esta perda, é possível medir com um manômetro a quantidade de vazamento.

Caso a quantidade for baixa é muito simples de recuperar a tubulação utilizando resinas, porém caso seja alto o nível de vazamento será necessário um planejamento para uma nova passagem de gás.

Tipos de teste de Estanqueidade

Já vimos que os testes de Estanqueidade são procedimentos para verificar a vedação de uma tubulação de gás e seus diferentes tipos. Porém existem alguns métodos diferentes de testes, que devem seguir alguns parâmetros específicos, veja!

  • Tipo de teste.
  • Localização e medição de vazamento.
  • Condições para a utilização de cada teste.
  • Segurança ambiental.
  • Especificações dos componentes e tubulações.

Os testes aplicáveis mais utilizados são os seguintes:

  • Coluna d’água: Este teste detecta qualquer vazamento por menor que seja ele será detectado com ar comprimido de baixa pressão.
  • Ar comprimido: Teste feito com a utilização de ar comprimido de alta pressão.
  • Localização de vazamentos: Teste feito com CO2, pressurização de até 8kg / cm³.

Porque fazer o teste de Estanqueidade?

Normalmente este é um teste que muitas pessoas acreditam não precisar fazer, pois não sentem o cheiro de gás, automaticamente esquecendo-se de sua obrigatoriedade, mas as estatísticas comprovam que a maioria dos acidentes envolvendo tubulações de gás são devido à falta do teste e por não serem detectados a tempo.

Legalmente este teste é obrigatório por exigência do Corpo de Bombeiros, e também é a única maneira de garantir que não exista nenhum vazamento de gás

Quem deverá fazer os testes?

Para fazer os testes sempre deverão ser contratados profissionais e empresas cadastradas no CREA, com engenheiro no quadro de colaboradores.
Quem deverá fazer os testes?

Validade do teste

Para o comércio e indústrias o período máximo entre cada teste é de um ano, já para as residências o prazo será a cada cinco anos ou de acordo com a solicitação do corpo de bombeiros ou engenheiro.

Já para os condomínios dois pontos devem ser levados em consideração:

  • Bombeiros: Não informam a duração do teste, porém o laudo tem duração de um ano. Automaticamente passando para um ano a validade do teste.
  • Engenheiro Habilitado: O engenheiro tem plenos direitos de determinar um prazo de validade para o teste, deverá avaliar cada situação rigorosamente observando as instalações e seus materiais utilizados.

Vantagens de fazer o Teste de Estanqueidade

Veja agora as principais vantagens de fazer o teste de Estanqueidade corretamente com profissionais de qualidade e dentro do prazo.

  • Adquirir o relatório de conformidade e inspeção técnica.
  • Atender os requisitos legais.
  • Adquirir o Laudo ART e de Estanqueidade.
  • Prevenir qualquer tipo de vazamento e acidentes futuros.
  • Diminuir riscos de vazamentos, incêndios e explosões.
  • Adquirir licenças e alvarás para funcionamentos.
  • Redução de custos com seguros.

Os testes de Estanqueidade verificam qualquer tipo de problema na estrutura envolvendo as instalações do sistema de gás, portanto estar em dia com os prazos e laudos são uma a garantia de segurança para todos.